segunda-feira, 23 de julho de 2012

O tamoxifeno e o figado

No dia 13 deste mês fui fazer a eco abdominal de rotina e o médico disse-me que o meu figado estava mais gordo que na eco anterior. Em fevereiro já não foi possivel descobrir aquela bolinha de gordura que tinha vindo a aumentar de tamanho, e nesta eco ainda estava mais gordo. Este problema é um dos efeitos secundários que o tamoxifeno me tem feito. Aconselhou-me a fazer uma ressonância no próximo exame de rotina. Como fiquei preocupada antecipei a minha consulta de oncologia para dia 20.
Mas foi pior a emenda que o soneto, vim de lá super preocupada. Passei estes dias a digerir o que ele me disse. Depois de lhe mostrar os exames, tentei perceber se ia deixar de tomar o tamoxifeno, como não estava a perceber o que ele queria fazer (foi uma consulta surreal, estavamos  em sintonias diferentes), como percebi que não ia fazer nada, perguntei quais os exames que era necessário fazer para levar na próxima consulta. Respondeu-me para ir lá em janeiro e levar apenas a mamografia e os marcadores CEA e CA15-3 e depois logo se via o que fazer se estes tivessem aumentado. Ainda lhe disse que se os marcadores aumentassem era porque o cancro teria voltado e ele a dizer que sim e ficamos nisto.
O meu croco não me deixou perguntar mais nada e vim-me embora, ele diz que eu interpretei tudo mal. Mas ainda estou a tentar ver algo positivo daquela conversa.

Agora  não sei o que vou fazer, se bem que não há nada a fazer...