sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Já não à respeito pelos mais velhos!

As pulguitas até à pouco tempo pensavam que a Pina era a irmã mais velha lol

Andam sempre a fazer contas acerca das idades, "Primeiro nasceu o pai, depois a mãe, a Pina, a Adriana e a mais nova a Ana" e volta na volta estão nisto. Até que um dia a Ana me pergunta se a Pina também nasceu da minha barriga lol lá tive que explicar que a Pina tinha sido adoptada!
No ínicio do 1º ano de escola da Adriana, a professora pediu para fazerem o desenho da familia e a Adriana, desenhou-nos aos 5. Quando chegou a casa, vinha muito triste, pois a professora tinha-lhe dito que gato não é familia e fez a criança apagar a gata!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


A Adriana sempre teve um pouco de medo de mexer na Pina, pois esta costumava assanhar-se e fugia dela a sete pés. Com o passar do tempo, ela aprendeu a respeitar a vontade da gata, mas sempre com muita pena de não conseguir interagir com ela. De vez em quando tenho que lhe dizer que a Pina é velhota (na idade de gatos) e que já não tem paciência para crianças e que temos que respeitar os mais velhos lol

Quanto à Ana, sempre foi teimando em agarrá-la, chegou a levar dentadas, mas não desistiu. E não é que agora a gata deixa-a fazer-lhe tudo! Parece que afinal o crime compensa! À uns meses para cá, começo a ver a Aninhas a correr de um lado para o outro com a gata pendurada e a dizer: é uma viagem curta pina, é uma viagem curta!
A pina até já dormiu umas três vezes na cama dela e já lhe deu beijinhos e tudo! Estão a imaginar a tristeza da Adriana!

Hoje fui dar com este espectáculo na sala:




A Aninhas é pior que a "Almaira" aquela menina dos cartoons! Gata sofre!

4 comentários:

  1. A Pina é muito fofinha, é uma pena não ter ficado no desenho.

    Beijocas.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Pensaria seriamente em mudar de professora...isso de dizer que a gata nao faz parte da familia já nao é normal, mas entao obrigá-la a apagar a gata no desenho parece-me demasiado estranho...

    ResponderEliminar