Projecto 180º - Porque o cancro pode ter cura

Os realizadores António-Pedro Vasconcelos e Rita Nunes

e o artista plástico Daniel Blaufuks filmaram três curtas que
pretendem desmistificar a ideia do cancro como
sentença de morte.

Vão passar na RTP1, RTP Internacional, RTP Açores e
Madeira às terças-feiras, às 22h00, e ao longo de três semanas.
O Público vai mostrar também as três curtas no seu site,
às quartas-feiras.

O primeiro filme foi realizado por António-Pedro Vasconcelos,
que decidiu chamar à curta que realizou A Família de Piratas.
O vídeo retrata a vida de Maria e Inês Sá da Bandeira,
que venceram uma leucemia e linfoma de hodgkin.

Rita Nunes apresentará o testemunho de Luís Magalhães,
que sobreviveu a um cancro no pulmão, e Daniel Blaufuks
dará a conhecer a história de Raquel Carvalho, que superou
um linfoma não hodgkin.

O Projecto 180º - Porque o cancro pode ter cura é da
autoria da produtora Dreamgate e foi encomendado
e patrocinado pelos laboratórios farmacêuticos Roche.

Ler mais em Cancro pode ser só "uma altura má na vida”
(Suplemento P2)


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Efeitos secundários da radioterapia

4ºTratamento de quimioterapia- Docetaxel+Ciclofosmida

O tamoxifeno e o figado