sexta-feira, 7 de março de 2008

RAP do TITULAR

Como diz a Zita, temos que começar a treinar. Aqui vai já a minha contribuição para a minha coordenadora titular que tem muita experiência e já não precisa de tempo para preparar as aulas dela lol

Este comentário só podia ser duma prof do superior e fez-me lembrar a minha querida professora de Algebra (Emilia Geraldes, nunca soube mais nada dela desde que foi para a UM). Ela tinha uma sebenta manuscrita tão velhinha e dava tudo à risca todos os anos, vírgula a vírgula. Só ao fim de umas aulas de stress, a tentar passar tudo o que ela dizia, é que comecei a ver os meus colegas a olharem para uns apontamentos que tinham, eram os cadernos dos alunos dos anos anteriores, eles só confirmavam o que ela dizia.

Aqui vai o RAP (adaptado):

Sou professora, só professora

E muito amiga desta minha coordenadora.

Esta sincera amizade é quase amor…

Tenho que ser por ela avaliada

Portanto, não serei prejudicada.

Ela é a minha heroina, minha heroina, minha heroina…

E é p’ra ela que este rap é dedicado.

Penso, com alguma ciência e sabedoria,

que o meu desempenho é o meu marido que avalia.

Altero, todavia, o meu pensar

Já que agora a competência

P’ra avaliar a minha experiência

nunca será de um professor doutor qualquer

nem de um sábio inspector do M.E.

E muito menos da meu santo marido…

Mas de sua eminência, a minha coordenadora!

E para resolver a grave situação

sendo o objectivo a mudança de escalão,

vou mostrar-lhes a conveniência desta solução:

Tendo consciência que só cabem um ou dois na quota

E tendo em conta que é só isso o que conta e o que importa,

É só marcar mais uma reunião,

E lá se organiza um leilão,

sem oportunidade de corrupção, nem subjectividade,

muito às claras, sem parcialidade

e com total justiça e dignidade, como exige a razão.

E quem dá mais? Quem me dá mais por isso?

Um lhe dará um gordo chouriço…

Outro, um retrato emoldurado da sinistra, mulher má.

E quem dá mais? Quem mais me dá?

Quanto a mim, eu ofereço desde já

à minha senhora doutora coordenadora, com todo gosto, minha casa de férias na praia,

em Agosto.

E dou-lhe um… e dou-lhe dois…

E quem dá mais? Ninguém mais dá?

E dou-lhe… três!

E ganho eu! Ganho eu! Viva eu! Esse lugar é meu!

Gente, sou excelente!

Sou titular! Titular!

TITULAR!

Versão original de: Maria Fernandes Rodrigues Conceição


cya

4 comentários:

  1. Fico contente por ter adaptado o meu texto "RAP do TITULAR"... é um sinal de que gostou... mas devia ter mantido as iniciais da autora - MFRC. Desculpe o reparo, mas usei o texto na minha escola e ... pode imaginar o que pensaram? Que era plágio pois foi encontrado aqui sem as minhas iniciais...
    Grata
    Maria Fernandes Rodrigues Conceição

    ResponderEliminar
  2. Olá, peço desculpa, vou acrescentar ao post. Quando recebi o mail, já vinha anónimo.

    Cumprimentos
    Sandra

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pela presteza com que respondeu... fiquei sua fã...
    Maria Fernandes

    ResponderEliminar
  4. É o que faz estar de volta do PC a trabalhar :), os mails estão sempre a chegar!

    Cumprimentos e parabéns pelo RAP
    Sandra

    ResponderEliminar